Pissetti quer a instalação de sistema inteligente em bocas de lobo da cidade
03/10/2012

Foi aprovada hoje (2), na Câmara de Vereadores, a indicação que pede a implantação do “Sistema de Bueiros Inteligentes” em Itajaí. A ideia, que protege o meio ambiente e minimiza os alagamentos, partiu do vereador Luiz Carlos Pissetti (DEM). A cidade de São Paulo (SP), já promove testes com a nova tecnologia.

De acordo com o documento apresentado por Pissetti a engenharia consiste em um filtro que é instalado nas bocas de lobo. A caixa coletora possui capacidade para até 300 litros, ela retém os resíduos e deixa a água fluir para as galerias. “Vamos evitar que toda a sujeira das ruas obstrua nossos dutos ou que vá parar em nossos rios e córregos”, explicou o democrata.

A limpeza periódica do equipamento também chama a atenção pelo aspecto tecnológico. Segundo o parlamentar um software é ligado às caixas, que quando atingem 80% de suas capacidades, ativam um dispositivo em uma central. “É possível minimizar as cheias e até enchentes com uma solução eficaz, definitiva e preventiva”, acrescentou o autor da proposta.

Mas Pissetti vê a aplicabilidade além das características ambientais. O parlamentar frisou a importância da ação para a geração de emprego e renda no município. “Vamos precisar de trabalhadores para realizar esta manutenção preventiva e ainda podemos fomentar a atividade das cooperativas de reciclagem com o envio do material coletado aproveitável”, finalizou.

* Mais informações podem ser obtidas com o vereador Luiz Carlos Pissetti pelo telefone: (47) 9994.4276

Texto: Marcos Marcellus Holtz – Reg. SC 03872 JP – (47)9670.4488

Foto: Davi Spuldaro

Anúncios

Pissetti quer indenizar agricultores do São Roque
29/09/2011

Estragos causados pela barragem do Semasa tiram o sono e o sustento de famílias do campo

Agricultora tenta contabilizar prejuízos

Na sessão de terça-feira (27), o vereador Luiz Carlos Pissetti (DEM), teve aprovada a indicação que trata da indenização aos agricultores que possuem terras no entorno da barragem do Rio Itajaí-Mirim. Há quatro anos os constantes alagamentos transformam terras férteis em cenários desérticos, no bairro São Roque.

Procurado por famílias da comunidade rural, Pissetti comprou a briga e classificou os prejuízos como “responsabilidade do município”. Com a construção da barragem para a contenção do avanço da cunha salina, em 2007, a localidade passou a sofrer com o represamento das águas que se expandem e arrasam suas plantações.

Barragem acumula entulhos a cada enxurrada

A solução apresentada pelo democrata veio com o ante projeto que, dentre seus artigos, prevê a apuração e fiscalização anual das perdas através do Semasa e Secretaria de Agricultura. A proposta garante o questionamento das avaliações pelos trabalhadores do campo, mas também exige o cumprimento e detalhamento, ano a ano, dos plantios a serem realizados. Caso haja sucessivas indenizações, nas quais os montantes ultrapassem o valor das propriedades, o município pode vir a adquirir as áreas.

Compromisso da Prefeitura

 

Prefeitura assumiu compromisso em 2006

Da tribuna, Pissetti defendeu sua ideia embasado em documento, assinado em 2006 pelo então prefeito Volnei Morastoni (PT), que declara compromisso e responsabilidade sobre quaisquer danos materiais causados em virtude do empreendimento. Um parecer da empresa Ambientalle, que atribui o problema à barragem, também foi utilizado.

“É óbvio que a construção da barragem trouxe benefício para uma grande parte da população de Itajaí, mas isso não dá o direito dessa maioria passar por cima dessas famílias desfavorecidas como trator, como se não existissem (…) eles têm mãos calejadas, sem demagogia, não são nada parecidas com as minhas, eles plantam o nosso alimento”, desabafou o Presidente da Câmara.

* Mais informações podem ser obtidas com o vereador Luiz Carlos Pissetti pelo telefone: (47) 9994.4276

Texto: Marcos Marcellus Holtz – Reg. SC 03872 JP

Foto: Davi Spuldaro – Câmara Municipal

Pissetti propõe pacote de medidas para a prevenção de enchentes
13/09/2011

 Governos federal, estadual e municipal serão acionados pelo democrata

O tema "enchente" é pauta de Pissetti desde 2005

Dizem que após a tempestade vem a bonança, mas para isso é preciso agir. Passados quase três anos das enchentes de 2008, uma nova tormenta tirou o sono das famílias itajaienses. Nesta semana, o vereador Luiz Carlos Pissetti (DEM), apresenta um “pacote” de requerimentos que reúne quatro ações preventivas em casos de cheias.

A primeira medida, e talvez a mais urgente, pede à presidenta da República, Dilma Rousseff (PT), e demais autoridades nacionais, estaduais e municipais, a liberação de FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), a criação de linha de crédito a juro zero e a isenção, ou minoração, do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), aos atingidos pela tormenta.

A proposta exige a certificação dos casos pela Defesa Civil. As linhas de crédito a juro zero, subsidiadas pelo Governo Federal, podem chegar aos 5 mil reais e devem servir para a compra de móveis e eletrodomésticos. Para o IPVA, o cidadão deve comprovar a perda de seu automóvel. “É desta forma que nós políticos devemos conduzir a nossa solidariedade nesse momento de comoção das famílias, desenvolvendo o papel que nos cabe frente às esferas do Estado”, diz Pissetti.

Força tarefa e infraestrutura

Entre a lista de ações de Pissetti está o pedido para a construção imediata de um canal extravasor, como uma “galeria subterrânea”, em direção ao Rio Itajaí-Açu, na Barra do Rio. Completam as proposições a implantação da dragagem permanente do Rio Itajaí-Mirim e a realização de uma audiência pública para constituição de novas e objetivas políticas de atuação em casos de desastres naturais.

“Itajaí precisa de respostas rápidas nestas situações, não podemos mais agir de forma a sermos surpreendidos pela fúria da natureza por mero desleixo em não observar seus sinais (…) temos que aprender com a dor”, explica o parlamentar.

* Mais informações podem ser obtidas com o vereador Luiz Carlos Pissetti pelo telefone: (47) 9994.4276

 

Texto: Marcos Marcellus Holtz – Reg. SC 03872 JP

Foto: Victor Schneider – Câmara de Vereadores de Itajaí