Pissetti quer transformar antigo “cadeião” em centro cultural
23/03/2011

 Ideia engloba revitalização da comunidade do “Matadouro” e a preservação da história local 

Nasce o que parecia impossível: turismo e formação cultural no Nossa Senhora das Graças

Com a inauguração do Complexo Penitenciário da Canhanduba, o vereador Luiz Carlos Pissetti (DEM), solicitou durante a sessão de terça-feira (22), a doação da antiga Casa de Detenção do “Matadouro” ao município. O desejo foi manifestado por meio de ofício enviado ao governador do Estado, Raimundo Colombo (DEM).

O democrata sugere que o prédio, antes usado para punir, agora seja aproveitado como pólo cultural itajaiense. A ideia pretende reformar o ambiente, mantendo suas grades e arquitetura como forma de preservar as características e a história de uma realidade que não pode ser negada. “Imagine nossas crianças apreciando música, pinturas e o teatro, onde antes se tramava o crime (…) é a vitória do bem sobre o mal”, vislumbrou o presidente da Câmara.    

No documento dirigido ao governo estadual, Pissetti justifica o pedido embasado nas décadas em que a comunidade do bairro Nossa Senhora das Graças conviveu com o vizinho “incomodo”, o popular “cadeião”. “É um ato de justiça social com aquele povo que por tantos anos permaneceu intranquilo, refém do medo das fugas e rebeliões”, descreveu.

Porém, a proposta não terá vida tão simples quanto parece. Há cerca de dez dias, ao fazer uso da tribuna, o parlamentar alertou para os rumores de que o espaço poderá servir como cadeia feminina, e hoje voltou a criticar a ideia. “Eu espero que a palavra dos governadores seja honrada, caso contrário, em cinco anos a nossa amada Itajaí será conhecida como cidade dos presos”, alertou. 

Inspiração portenha na cidade portuária

Localizado no bairro “La Boca”, uma das regiões mais carentes de Buenos Aires (Argentina), o Caminito permite a ligação com o embrião almejado para Itajaí. Na capital portenha, uma rua curta, repleta de restaurantes típicos, artistas locais e casinhas coloridas, recebem turistas do mundo inteiro, às margens do velho porto da cidade, ao som do tradicional tango.

O pitoresco “Caminito” é atração turística indispensável em Buenos Aires

De acordo com Pissetti as reformas não seriam focadas apenas no edifício da Presídio, mas também no entorno, com melhorias nas casas e ruas, o que resultaria também na exploração do potencial econômico, hoje, inexistente na área. “Imagine só aquelas donas de casa aprendendo e vendendo seus artesanatos, as pessoas simples inseridas na sociedade, estabelecendo contato com as coisas boas do mundo”, finalizou o proponente.

* Mais informações podem ser obtidas com o vereador Luiz Carlos Pissetti pelo telefone: (47) 9994.4276

Texto: Marcos Marcellus Holtz – Reg. SC 03872 JP

Fotos: Victor Schneider e Davi Spuldaro – Câmara de Vereadores de Itajaí

           Panoramio.com